quarta-feira, maio 22, 2024

InícioESPORTESConmebol, Real Madrid e mais: mundo do futebol presta homenagens a Freddy...

Conmebol, Real Madrid e mais: mundo do futebol presta homenagens a Freddy Rincón – Esportes


O mundo do futebol amanheceu com a triste notícia da morte de Freddy Rincón nesta quinta-feira (14). O ex-jogador e ídolo do Corinthians e da seleção colombiana havia sofrido uma acidente de carro na última segunda-feira (11) e não resistiu aos ferimentos. Além do Timão, outros clubes como Santos e Real Madrid, além da Conmebol e Federação Colombiana de Futebol, também prestaram suas homenagens ao histórico ex-atleta. 


Por meio das redes sociais, os perfis oficiais de diversos clubes e entidades lamentaram a morte de Rincón. Corinthians e Santos foram os primeiros a se manifestar, seguidos por times como Real Madrid, onde jogou o colombiano.



A informação sobre a morte de Rincón foi dada na madrugada desta quinta (14), por volta das 1h30 no horário de Brasília, pela clínica onde o ex-volante seguia internado na UTI. O ex-atleta de 55 anos não resistiu aos ferimentos poucos dias após um grave acidente de carro, na madrugada da última segunda-feira. Com traumatismo craniano, Rincón chegou a ser operado, mas acabou falecendo.


Nascido em 1966 em Buenaventura, a maior cidade portuária da Colômbia, o ex-volante e meia se destacou no time local aos 19 anos, antes de passar por Tolima, Independiente Santa Fe e América de Cali, chegar à seleção colombiana e ir jogar no exterior, inclusive no Real Madrid.


No Brasil, teve ótima passagem pelo Palmeiras, mas foi no maior rival, o Corinthians, onde formou, ao lado de Vampeta, uma dupla inesquecível. O quarteto de meio-campo, que contava ainda com Ricardinho e Marcelinho Carioca, se eternizou. Eles foram bicampeões brasileiros (1998/99), venceram o Paulistão de 99 e o Mundial de Clubes de 2000. 



O acidente



O carro em que Rincón estava se chocou com um ônibus no bairro San Fernando, na cidade de Cali, na Colômbia. Em imagem que circulou nas redes sociais, é possível ver que o automóvel onde cruzou um sinal vermelho.


Segundo o irmão de Freddy, Rafael Rincón, o ex-jogador não era o motorista no momento do acidente. A informação é que no carro estavam ainda mais duas mulheres, que tiveram ferimentos leves. Uma investigação sobre o caso foi aberta e não está descartada a presença de uma quarta pessoa no carro. Foi confirmado também que o motorista do ônibus teve uma fratura na perna e joelho esquerdos, passou por cirurgia e seu estado é estável.


Com o choque, o ônibus teve sua frente destruída. Um prédio entre as ruas 5 e 34 do bairro também foi atingido e o carro onde Rincón estava teve o lado direito bastante danificado.


Veja as homenagens a Rincón















City passa sufoco, mas segura empate e tira o Atlético; Firmino faz 2 e Liverpool avança na Champions




FONTE: TRIBUNA DE MINAS

PEDRO SILVA
PEDRO SILVA
SÓCIO GERENTE DO JORNAL ACONTECEU.

MAIS NOTÍCIAS