sexta-feira, junho 21, 2024

InícioGAMERSActivision Blizzard: futuro do CEO Bobby Kotick segue indefinido

Activision Blizzard: futuro do CEO Bobby Kotick segue indefinido

O atual CEO da Activision Blizzard, Bobby Kotick, ainda não discutiu o seu futuro na empresa com a Microsoft, empresa que adquiriu o conglomerado em janeiro de 2022 por quase US$ 70 bilhões.

A informação foi identificada pelo jornalista Stephen Totilo, do site Axios, por meio da leitura de um formulário preenchido pela companhia na última sexta-feira (15).

Isso significa que ainda não há uma definição sobre o futuro do executivo, que é o gerente do grupo desde que ele comprou a companhia (então chamada de Mediagenic e ainda sem a absorção da Blizzard) no início da década de 1990. Além disso, não há indícios de quem vai comandar a divisão quando a aquisição for efetivada, algo que pode levar vários meses devido ao longo processo burocrático de análise de mercado nos Estados Unidos.

No documento, enviado ao órgão regulador comercial Securities and Exchange Comission (SEC), consta que “nenhuma discussão ou negociação sobre o vínculo empregatício após o fechamento da aquisição” foi realizada entre ambas as partes até agora, nem mesmo antes da formalização da compra.

Pressão e acusações

Kotick tem sido pressionado a deixar o cargo ou ser removido da posição em especial desde o início das denúncias sobre más condições de trabalho e ambiente corporativo tóxico, em uma série de ações judiciais iniciadas na metade de 2021.

Entre as acusações diretas contra Kotick há principalmente a denúncia de que ele ignorou denúncias internas sobre o comportamento de funcionários e executivos, mesmo sabendo do ocorrido. Além disso, ele teria “escondido” demissões da equipe, financiado campanhas políticas com empresas de fachada e pensado em comprar sites de games para limpar a própria imagem.

Bobby Kotick.Bobby Kotick.Fonte:  Activision Blizzard 

Vale lembrar que a própria compra pela Microsoft só começou após a divulgação das denúncias, quando Kotick e o gerente da divisão Xbox, Phil Spencer, se reuniram e iniciaram o acordo.

No final de 2021, ele considerou deixar o cargo assim como o presidente da Blizzard, mas permaneceu na posição. No início deste ano, entretanto, o jornal The Wall Street Journal havia afirmado que ele deve sair após a conclusão da negociação.



FONTE: R7

PEDRO SILVA
PEDRO SILVA
SÓCIO GERENTE DO JORNAL ACONTECEU.

MAIS NOTÍCIAS