sexta-feira, junho 21, 2024

InícioBRASIL E MUNDOComer muitas calorias pode ser prejudicial à saúde; entenda

Comer muitas calorias pode ser prejudicial à saúde; entenda

A alimentação é um fator que influencia em diversos setores da saúde do corpo humano. Nesse sentido, uma alimentação saudável te garante uma vida também mais saudável e com menos doenças. No entanto, o que muitos não sabem é que comer menos calorias pode fazer você viver por mais tempo.

Veja também: Consumo de macadâmia pode ajudar na vitalidade

Por que isso acontece?

Em um estudo feito pela Universidade de Yale, constatou-se que consumir menos calorias pode fazer com que as pessoas vivam mais. Alcançou-se este resultado observando a glândula timo, responsável por produzir as células T, que são importantes para o sistema imunológico. Ao envelhecer, essa glândula produz menos células T, tornando o corpo mais suscetível a doenças.

Sendo assim, segundo o estudo, observou-se que as pessoas que comeram menos calorias estavam com menos gordura no timo e o funcionamento dessa glândula estava melhor. Além disso, essa pesquisa também avaliou a gordura corporal.

Diante disso, notou-se que reduzir as calorias fez com que as células de defesa do tecido adiposo estivessem mais reguladas, melhorando a imunidade e o metabolismo desses indivíduos.

Como reduzir o consumo de calorias?

O que se pode tirar desse estudo é que a maior longevidade está associada à redução de calorias na alimentação, justamente por diminuir o processo inflamatório no corpo e melhorar o sistema imunológico, evitando doenças.

No entanto, muitos profissionais da área de saúde já acreditavam nessa teoria, pois isso já obteve comprovação em alguns animais. Mas o que isso muda para a gente?

O intuito desse estudo não é fazer com que as pessoas comam menos, afinal, isso também pode trazer inúmeras doenças. Entretanto, o que essa pesquisa mostra é que uma alimentação saudável, que prioriza alimentos menos calóricos, pode fazer toda a diferença na sua saúde no futuro e te garantir uma maior longevidade. Diante disso, não fique sem comer, apenas faça boas escolhas na sua dieta.

FONTE: R7

PEDRO SILVA
PEDRO SILVA
SÓCIO GERENTE DO JORNAL ACONTECEU.

MAIS NOTÍCIAS