segunda-feira, junho 17, 2024

InícioBRASIL E MUNDO'Sugar daddy' persegue estudante e é preso no DF

‘Sugar daddy’ persegue estudante e é preso no DF

Os dois não eram desconhecidos, a jovem mantinha uma relação remunerada com o homem

Um servidor público do Distrito Federal, de 57 anos, foi preso pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) em flagrante. A detenção aconteceu nesta quarta-feira, 13, e foi fruto de uma perseguição por parte do homem contra uma estudante de direito, de 26 anos.

Os dois não eram desconhecidos, a jovem mantinha uma relação remunerada com o homem, ou seja, o relacionamento dos dois acontecia com compensação financeira. Ele atuava como os chamados ‘Sugar Daddy’s’. Alguém que procura uma mulher mais nova para bancar e manter uma relação.

Os dois se conheceram através do aplicativo que une duas pessoas com esse mesmo fim. No depoimento que deu na 4ª delegacia, a estudante disse que chegou a receber R$ 1,8 mil de compensação pelo namoro.

Depois de um tempo, ela decidiu dar um fim à relação, visto que, mesmo que mantida por um pagamento em dinheiro, ela deve ser consensual. O homem, no entanto, não aceitou bem a recusa e começou a ameaçá-la de morte, xingá-la e persegui-la.

Com medo de que sua família ficasse sabendo do caso, pois avisar os familiares fazia parte do contingente de ameaças do ‘sugar daddy’, ela decidiu formalizar uma denúncia contra ele.

O servidor foi preso após seguir a jovem até em casa, quando ela saiu da delegacia. Depois de preso e autuado em flagrante, ele pagou uma fiança de R$ 6 mil.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

FONTE: R7

PEDRO SILVA
PEDRO SILVA
SÓCIO GERENTE DO JORNAL ACONTECEU.

MAIS NOTÍCIAS