quinta-feira, fevereiro 29, 2024

InícioBRASIL E MUNDOVirginia Mendes na COP 28 promove liderança sustentável e inclusiva de Mato...

Virginia Mendes na COP 28 promove liderança sustentável e inclusiva de Mato Grosso para o Mundo

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, conquistou uma posição singular na COP 28 ao apresentar, em um painel exclusivo, os programas estaduais “SER Família” e “SER Família Mulher”. A distinção da primeira-dama reside não apenas na relevância dos programas, mas também no fato de ser a única representante do cargo a discutir iniciativas sustentáveis em uma Conferência das Partes.

Os programas, concebidos por Virginia Mendes e executados pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania, refletem uma abordagem abrangente para promover o empoderamento das mulheres e o reconhecimento das necessidades específicas dos povos indígenas.

“Esses programas não apenas respondem a desafios imediatos, mas representam uma visão audaciosa para um futuro genuinamente sustentável. Em Mato Grosso, a verdadeira prosperidade só é alcançada quando há zelo tanto pelas pessoas quanto pelo planeta”, ressalta a primeira-dama.

Virginia Mendes destaca que Mato Grosso abriga três biomas – Amazônia, Cerrado e Pantanal – e, portanto, é imperativo integrar a sustentabilidade em cada projeto. “É preciso reconhecer e abraçar a importância de integrar a sustentabilidade em cada projeto”, reforça a primeira-dama.

 

No âmago do “SER Família Mulher”, Virginia Mendes busca fortalecer e empoderar as mulheres, reconhecendo o papel crucial e vital que desempenham na sociedade. Para ela, a verdadeira transformação social só é possível quando as mulheres são capacitadas, incentivadas ao empreendedorismo e protegidas contra a violência doméstica. O programa não apenas oferece cursos de qualificação, mas também proporciona suporte transversal em áreas essenciais como empreendedorismo, moradia, e apoio psicológico e social.

Já o “SER Família Indígena”, de forma respeitosa, visa honrar as ricas tradições das comunidades indígenas. Virginia Mendes expressa um compromisso profundo com o desenvolvimento sustentável dessas comunidades, alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. O programa não só busca atender às necessidades imediatas, como transferência de renda e segurança alimentar, mas também visa preservar as culturas ancestrais dessas comunidades.

Durante o painel “Empoderamento dos povos indígenas: uma jornada de equidade de gênero e turismo sustentável”, a primeira-dama enfatizou o caráter único do “SER Família”. Destacou o envolvimento ativo das primeiras-damas municipais de Mato Grosso como um diferencial fundamental para a eficácia do programa, capaz de mobilizar recursos e atenção necessários para alcançar as famílias em situação de vulnerabilidade.

O programa “SER Família” não apenas busca capacitar mulheres, incentivando o empreendedorismo através de cursos de qualificação, mas também proporciona suporte transversal em diversas áreas. Isso inclui iniciativas como abertura de linhas de crédito para empreendedorismo pela Desenvolve MT, auxílio moradia, e apoio psicológico e social.

Virginia Mendes não se limitou a abordar as questões sociais, mas também destacou o compromisso do programa com a defesa das mulheres, advogando por penas mais severas contra agressores e violência doméstica. O foco vai além da assistência imediata, visando garantir a proteção duradoura das vítimas.

No contexto do “SER Família Indígena”, a primeira-dama sublinhou os esforços para promover o desenvolvimento sustentável alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. O programa busca elevar o acesso à educação, saúde, oportunidades econômicas e a preservação do patrimônio cultural das comunidades indígenas.

Durante sua apresentação, a primeira-dama expressou profunda gratidão pela oportunidade de representar Mato Grosso nesse cenário internacional. “Estou ansiosa pela chance de contribuir de maneira construtiva para a agenda global de sustentabilidade”, afirmou.

A secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania, Grasi Bugalho, complementou a apresentação, destacando que os programas foram estrategicamente desenvolvidos para enfrentar as desigualdades sociais persistentes em Mato Grosso. Ela ressaltou o significativo investimento do governo, já totalizando R$ 1 bilhão, como um compromisso sério para atender vulneráveis e impulsionar capacitação e empreendedorismo.

A comitiva mato-grossense na COP 28, liderada por Virginia Mendes, inclui representantes indígenas, membros do governo estadual, deputados, prefeitos e autoridades de destaque. A iniciativa pessoal da primeira-dama em custear todas as despesas da viagem enfatiza seu compromisso individual com a causa e reforça a importância do evento.

A apresentação ocorreu no Equity Lounge, resultado de uma parceria entre o Governo de Mato Grosso, MT Par, Desenvolve MT, Marfrig, Amaggi e Sebrae. A presença de figuras internacionais no painel, como a embaixatriz da Síria e representantes da ONU, destaca a projeção global dos programas de Virginia Mendes e a relevância do estado no contexto internacional de sustentabilidade e inclusão.



FONTE: R7

PEDRO SILVA
PEDRO SILVA
SÓCIO GERENTE DO JORNAL ACONTECEU.

MAIS NOTÍCIAS