domingo, julho 21, 2024

InícioECONOMIADow Jones Futuro sobe às vésperas de dados de inflação e antes...

Dow Jones Futuro sobe às vésperas de dados de inflação e antes de Powell na Câmara

Os índices futuros dos Estados Unidos amanheceram em alta nesta quarta-feira (10), véspera da divulgação do Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) de junho, com investidores atentos à novas falas do presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, perante o Comitê de Serviços Financeiros da Câmara.

Na véspera, Powell enfatizou que sinais crescentes de um mercado de trabalho esfriando poderia levar a um corte de juros, além de alertar que manter as taxas elevadas por muito tempo poderia prejudicar o crescimento econômico.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita 

Continua depois da publicidade

Estados Unidos

O S&P 500 subiu pela sexta sessão consecutiva na terça-feira, sua maior sequência de vitórias desde janeiro, depois de declarações de Powell perante o Senado. O Nasdaq também atingiu um recorde. Os traders continuam projetando dois cortes das taxas de juros nos EUA em 2024.

A agenda conta com uma leitura final de estoques no atacado no mês de maio.

Veja o desempenho dos mercados futuros:

Continua depois da publicidade

Dow Jones Futuro: +0,05%

S&P 500 Futuro: +0,15%

Nasdaq Futuro: +0,24%

Continua depois da publicidade

Ásia

Os mercados asiáticos fecharam sem direção única nesta quarta-feira, com novo recorde em Tóquio e perdas na China após dados locais de inflação. O índice de preços ao consumidor (CPI) chinês subiu 0,2% na comparação anual de junho, menos do que o esperado, enquanto os preços aos produtores (PPI) se mantiveram em queda, sinalizando demanda persistentemente fraca, apesar de esforços de Pequim para impulsionar o consumo.

Shanghai SE (China), -0,68%

Nikkei (Japão): +0,61%

Continua depois da publicidade

Hang Seng Index (Hong Kong): -0,29%

Kospi (Coreia do Sul): +0,02%

ASX 200 (Austrália): -0,16%

Continua depois da publicidade

Europa

Os mercados europeus operam com ganhos, com investidores mantendo apostas de que o Fed cortará as taxas de juros neste ano.

As ações europeias fecharam em baixa na véspera, enquanto investidores na região pesavam a incerteza política na França após o resultado da eleição de domingo, em que a Nova Frente Popular (NFP) de esquerda ganhou o maior número de assentos, mas não conseguiu obter a maioria absoluta.

FTSE 100 (Reino Unido): +0,63%

DAX (Alemanha): +0,64%

CAC 40 (França): +0,75%

FTSE MIB (Itália): +0,84%

STOXX 600: +0,57%

Commodities

Os preços do petróleo operam em alta após três dias de queda, depois que relatório do setor mostrou que os estoques de petróleo bruto e combustível dos EUA caíram na semana passada, indicando demanda estável, e a perspectiva de cortes nas taxas de juros melhorou.

As cotações do minério de ferro na China fecharam no vermelho, devido à fraca demanda do principal comprador, a China.

Petróleo WTI, +0,47%, a US$ 81,79 o barril

Petróleo Brent, +0,31%, a US$ 84,92 o barril

Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve queda de 1,81%, a 813 iuanes, o equivalente a US$ 111,74

Bitcoin

  • Bitcoin, +1,41% a US$ 58.589,93 (em relação à cotação de 24 horas atrás)

FONTE: GOOGLE NOTÍCIAS

PEDRO SILVA
PEDRO SILVA
SÓCIO GERENTE DO JORNAL ACONTECEU.

MAIS NOTÍCIAS