Últimas Notícias

Corpo de jovem desaparecido há 18 dias aparece boiando no rio em Cataguases.

Por volta das 11 horas da manhã desta quarta-feira, 06 de março, a PM de Cataguases foi acionada por populares ao verem um corpo descendo pelas águas do rio Pomba na altura do Clube do Remo. Pouco tempo depois o corpo parou próximo a antiga Usina Diesel, no Bairro  Vila

Minalda, onde os policiais e a equipe da Defesa Civil isolaram a área e chamaram a Perícia Técnica da Polícia Civil para fazer seu trabalho e liberar o corpo.

Corpo de Bombeiros e Defesa Civil daquela cidade que também foi acionado para efetuar a retirada do cadáver ainda não identificado da água, trabalham com a hipótese de que seja o adolescente de 16 anos que desapareceu no rio Pomba, em Cataguases, próximo a localidade conhecida como Goiabal, na divisa com Itamarati de Minas desde a tarde de 16 de fevereiro.As buscas haviam sido suspensas durante o Carnaval

Familiares deste adolescente foram chamados até o local onde o corpo está para que possam fazer a sua identificação. Até o fechamento desta matéria, eles ainda não haviam chegado e o corpo aguardava o trabalho da Perícia para poder ser liberado para o IML.

FONTE E FOTOS :SITE DO MARCELO LOPES

Related Articles

Homem com mandado de prisão em aberto é capturado e preso pela PM em Bicas.

admin

Boi cai em piscina e é resgatado pelo Corpo de Bombeiros em Leopoldina

William Dolavale

Tráfico de Drogas e Receptação em Bicas

William Dolavale

Boletim Coronavírus de Bicas e do Estado desta sexta-feira, 04 de setembro

William Dolavale

Volta às aulas presenciais nas escolas municipais deve ter apenas 20% de alunos presentes

William Dolavale

Daqui 60 dias começa a campanha eleitoral para Eleições 2020

William Dolavale

Caminhão pega fogo na Serra de Pirapenama em Muriaé .

admin

POLÍCIA PRENDE DOIS JOVENS POR ASSOCIAÇÃO AO TRÁFICO NO BAIRRO HAIDEE

admin

DIA DE LUTO NO COMÉRCIO DE SÃO JOÃO NEPOMUCENO

William Dolavale

Ponte cai em trecho que faz divisa entre cidades de Belmiro Braga e Simão Pereira

William Dolavale

Deixe um comentário