Brasil e Mundo

Após pressão, MEC anuncia adiamento do ENEM 2020

Após pressão de especialistas em educação, parlamentares e estudantes, o Ministério da Educação “MEC”, enfim, anunciou nesta quarta-feira (20) o adiamento do ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio. A data final das inscrições permanece dia 22 de maio, ou seja, próxima sexta-feira.

“Atendendo às demandas da sociedade e às manifestações do Poder Legislativo em função do impacto da pandemia do coronavírus no Enem 2020, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira “INEP” (responsável pelo exame) e o MEC decidiram pelo adiamento da aplicação dos exames nas versões impressa e digital. As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais”, diz comunicado do órgão.

Até então, o Enem estava previsto para ser realizado em 1º e 8 de novembro, na versão impressa, e 22 e 29 de novembro, na versão digital. A nova data será decidida após uma enquete entre os inscritos, em junho.

As inscrições para o exame continuarão abertas até as 23:59h de sexta-feira (22), informa o INEP. Clique no link para fazer a sua inscrição https://enem.inep.gov.br/participante/#!/.

O adiamento ocorre um dia depois de o Senado ter aprovado um Projeto de Lei prorrogando processos seletivos pré-universitários, incluindo vestibulares e o Enem. O projeto, que agora passa a tramitar na Câmara, foi aprovado por 75 votos a 1 (o único voto contra foi do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro).

Com informações: Revista Época.

Related Articles

Trump dá ultimato para a OMS e ameaça cortar verba permanentemente

William Dolavale

Avião de passageiros paquistanês cai em área residencial de Karachi

William Dolavale

Milhares vão às ruas na Alemanha protestar contra confinamento

William Dolavale

China decreta isolamento na cidade de Jilin por coronavírus

William Dolavale

Presidente Bolsonaro fará novo teste para coronavírus e ficará em isolamento.

admin

Número de mortos no Brasil cresce 50% em uma semana

William Dolavale

No “limite da barbárie”, diz Le Monde sobre situação da pandemia no Brasil

William Dolavale

60 corpos em decomposição são encontrados dentro de vans nos EUA

William Dolavale

Governador Wilson Witzel prorroga isolamento no Rio de Janeiro até 31 de maio

William Dolavale

Mesmo com crise, Petrobras bate recorde e exporta 1 milhão de barris

William Dolavale

Deixe um comentário