Esportes

FMF planeja retomada do Módulo II do Campeonato Mineiro em outubro

Reunião nas próximas semanas deverá selar retorno; Tupi se movimenta nos bastidores para voltar aos treinos

Por Tribuna

Em reunião com os clubes que disputam o Módulo II do Campeonato Mineiro de 2020, a Federação Mineira de Futebol (FMF) indicou o retorno da competição para o mês de outubro. As negociações com as agremiações iniciaram na segunda-feira (3) e foram confirmadas por José Luiz Mauler Júnior, o Juninho, presidente do Tupi. Nos bastidores, o Galo Carijó trabalha para reconstruir o elenco e a comissão técnica tendo em vista o retorno aos treinamentos.

Pela movimentação inicial da FMF, não há chances de a divisão de acesso ser retomada antes de outubro. O prazo maior visa a melhora na situação epidemiológica das diversas regiões de Minas Gerais as quais os clubes pertencem, de modo a assegurar o retorno em condições igualitárias de todas as agremiações, que representam 12 diferentes cidades do interior do estado. 

“A federação quer terminar o campeonato, mas não quer prejudicar os clubes com perda de mando de campo, como aconteceu com Tupynambás. Querem uma data em que todas as cidades permitam a seus times jogarem mesmo sem público”, explica Juninho, fazendo referência à inversão de mando de campo do confronto entre o Baeta e a Caldense, em julho, pelo Campeonato Mineiro.O conteúdo continua após o anúncio

Conforme o presidente carijó, a data de uma nova reunião entre clubes e federação será confirmada nesta semana. O encontro deve garantir o retorno do campeonato e definir o modelo da volta. A tendência, no entanto, é que o calendário siga o curso normal esperado antes da pandemia, e o certame volte com a disputa da sétima rodada, onde foi paralisado em virtude da pandemia de coronavírus, há cinco meses. A inscrição de novos atletas deverá ser disponibilizada, uma vez que os elencos podem voltar reformulados após a paralisação obrigatória.

Tupi é a favor do retorno

O presidente Juninho confirmou que o Tupi é a favor a retomada, contanto que ocorra em meados de outubro. Questionado sobre a formação do elenco e da comissão técnica para a possível volta, o dirigente confirmou que o Galo Carijó deverá manter “boa parte” dos atletas que disputaram as seis primeiras rodadas. A formação da comissão técnica, no entanto, deverá ser mais complexa, já que a tendência é que Júlio César “Imperador”, comandante até momento da paralisação, não dê seguimento ao trabalho devido a questões pessoais.

Até a paralisação, o Tupi estava na nona colocação do Módulo II, com 6 pontos conquistados (uma vitória, três empates e duas derrotas). O alvinegro, inclusive, estava mais próximo da zona de rebaixamento para a Segunda Divisão do que de uma posição de acesso para a elite do futebol mineiro: apenas dois pontos acima do 11º colocado, o CAP Uberlândia, primeiro na área de descenso; em contraponto a quatro pontos de distância do Guarani, o quarto colocado. 

Se o retorno ocorrer como o planejado pela FMF, o Tupi terá cinco rodadas para tentar escalar a tabela de classificação.

Related Articles

MP recomenda paralisação do Paulista; Mineiro prossegue

William Dolavale

Em reunião, Ferj e clubes planejam retorno até fim da semana com máximo de dois jogos por dia

William Dolavale

Dança das cadeiras: Botafogo e Flamengo fazem clássico após oito trocas de técnicos no ano

William Dolavale

Fim do primeiro turno! Veja as chances de título, Libertadores e rebaixamento dos clubes

William Dolavale

Flamengo investe R$ 1,2 milhão em equipamentos para acelerar recuperação de jogadores

William Dolavale

Botafogo e Nova Iguaçu se enfrentam para encostar no G4 do Carioca

William Dolavale

CBV divulga equipes que podem disputar a Superliga masculina e feminina na temporada 2020/

William Dolavale

Primeiro grupo de jogadores do sub-23 se apresenta no Tupi na próxima quarta-feira (10)

William Dolavale

Globo, Disney, Turner e SBT entram na briga por direitos de transmissão da Liga dos Campeões

William Dolavale

Presidente do Botafogo confirma avanço em negociação com Rafael Moura

William Dolavale