Últimas Notícias

CRIME PASSIONAL – Homem de 22 anos confessa ter matado padre de Simonésia

Homem de 22 anos confessa ter matado padre de Simonésia com quem teria relacionamento amoroso

O suspeito alegou que matou o padre devido a um desentendimento por causa de um pagamento.

MAMHUMIRIM (MG) – Um homem de 22 anos foi preso e teria confessado ter matado o padre Adriano da Silva Barros, 36 anos, com quem segundo ele, teria um relacionamento amoroso, alegando que a motivação do crime seria um desentendimento por causa de um pagamento.

Segundo informações, na terça-feira dia 13 de outubro de 2020, familiares do padre Adriano teriam acionado a Polícia Militar informando que o padre da paroquia de Simonésia-MG, teria ido com o GM Onix branco, placa QWS 4472, até a cidade de Martins Soares, visitar a mãe que estava doente, mas retornaria para Simonésia, pois iria celebra uma missa na área rural daquela cidade. A última pessoa a ver o padre seria a própria irmã, que teria viajado com ele.

Como o Padre Adriano não atendia o aparelho celular, as mensagens enviadas ao celular dele não eram visualizadas e ele não fazia contato, iniciaram as buscas na tentativa de encontrar o padre.

Por voltas das 18h de quarta-feira (14), a PM foi acionada por um morador da localidade Córrego Pirapetinga em Mamhumirim, que teria ido até o terreno dele, onde haviam colocado fogo no mato e quando estava tentando apagar o fogo, teria deparado com um corpo carbonizado. A pericia técnica da Polícia Civil, teria percebido ferimentos provocados provavelmente por facas. Os irmãos do Padre Adriano estiveram no local do crime e reconhecendo o corpo.

Foto: arquivo da igreja católica

Desde o início das diligências, a Polícia Militar começou a reunir informações que pudessem contribuir para a identificação da autoria do crime, então uma das equipes que estava no rastreamento, relatou que cerca de uma hora antes da localização do corpo, abordaram próximo ao local dos fatos um indivíduo de 22 anos, na companhia de um adolescente de 16 anos. O suspeito apresentava certo nervosismo e estava com um corte na mão esquerda. Como os militares não sabiam do fato ainda, liberaram os abordados.

Após a mensagem da localização do corpo ser transmitida, outra equipe PM relatou que teria visto este individuo de 22 anos, em data anterior, entrando no carro da vítima em Manhumirim.

Diante disso, militares foram até a casa do suspeito, sendo este localizado e de início teria negado os fatos, porém, ao ser questionado, por várias vezes entrou em contradição e ao final teria assumido a autoria do fato, alegando que teria um relacionamento amoroso com o padre e que se desentenderam por causa de pagamento de um valor em dinheiro.

O suspeito teria explicado que matou o padre a facadas na terça-feira (13) e que na quarta-feira (14) voltou ao local para queimar o corpo e assim não deixar pistas. Ele alegou ainda que o adolescente não teria participação, porém sabia do fato e não falou nada com ninguém, motivo pelo qual também foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil acompanhado de seu pai.

O rapaz contou ainda que um parente dele teria levado o carro da vítima para o Estado do Rio de Janeiro.

Fonte: Fatos de Minas

Related Articles

Câmera de monitoramento flagra furto de bicicleta de criança em S.J. Nepomuceno.

admin

Trabalhadores da Mercedes aprovam acordo de suspensão de contratos

William Dolavale

Caminhão capota na MG 126 próximo a Rochedo de Minas e deixa 02 feridos.

admin

PM prende jovem que cometeu 03 crimes no mesmo dia em Guidoval

William Dolavale

Bombeiros procuram em Cataguases por homem que tentou atravessar a nado o rio Pomba.

admin

Veículo cai em ribanceira na BR-116 em Muriaé e três pessoas ficam feridas.

admin

Operação em Varginha prende suspeitos de fraude na venda de itens de combate à Covid-19 em Leopoldina e outros municípios

William Dolavale

Homem sofre corte profundo no pescoço durante briga em Cataguases

William Dolavale

Caminhão adulterado, com placas de Três Rios, é apreendido na BR-040

William Dolavale

Prefeitura de Cataguases adquire mais de meio milhão de reais em máquinas, por meio de emendas

William Dolavale

Deixe um comentário