Brasil e Mundo

Veiculação da propaganda no rádio e na TV está proibida a partir de 12 de novembro

Eleitores podem acessar as páginas dos candidatos e tirar dúvidas nos canais da Justiça Eleitoral

A propaganda eleitoral gratuita na rádio e na televisão dedicada ao primeiro turno das Eleições 2020 está proibida a partir desta quinta-feira (12). Esse tipo de divulgação de campanhas eleitorais está previsto na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997) e na Lei nº 4.737/1965 (Código Eleitoral). A propaganda eleitoral no rádio e na televisão para a eleição de prefeitos e vereadores para os 5.568 municípios brasileiros teve início no dia 9 de outubro.

Também vence nesta data o prazo para a veiculação de propaganda política mediante reuniões públicas ou promoção de comícios e utilização de aparelhagem de sonorização fixa, entre as 8h e a 0h, com exceção do comício de encerramento da campanha, que poderá ser prorrogado por mais duas horas.

Esta quinta-feira também é o último dia para a realização de debate na rádio e na televisão, admitida sua extensão até as 7h de sexta-feira (13).

Prazos que se iniciam

Segundo o calendário eleitoral, a partir desta quinta (12), até 14 de novembro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) poderá divulgar comunicados, boletins e instruções ao eleitorado, em até dez minutos diários requisitados às emissoras de rádio e de televisão, contínuos ou não, que poderão ser somados e usados em dias espaçados, podendo ceder, a seu juízo, parte desse tempo para utilização por tribunal regional eleitoral.

Data a partir da qual o juízo eleitoral ou o presidente da mesa receptora poderá expedir salvo-conduto em favor de eleitor que sofrer violência moral ou física na sua liberdade de votar. A medida está prevista no Código Eleitoral, artigo 235, parágrafo único.

Continue se informando

Mesmo sem a propaganda gratuita na rádio e na televisão, o eleitor poderá continuar se informando sobre o pleito eleitoral de 2020 pelos canais virtuais dos candidatos, pela internet e por meio dos materiais publicitários já disponibilizados pelos postulantes aos cargos de vereador e de prefeito de sua cidade.

Além disso, o TSE manterá todas as plataformas digitais disponíveis para dúvidas, bem como os canais de informações sobre cada candidato e seus perfis, em plataformas da internet que também poderão ser acessadas por celulares e tablets.

Fonte> Tribunal Superior Eleitoral

Related Articles

Maripá de Minas: todas as informações da COVID19 desta quinta-feira dia 29 de abril de 2021

William Dolavale

Fãs acham que sósia é o verdadeiro Michael Jackson e pedem teste; veja

William Dolavale

Leilão de carros e motos do Detran-MG continua aberto e lance mínimo é de R$ 300

William Dolavale

No “limite da barbárie”, diz Le Monde sobre situação da pandemia no Brasil

William Dolavale

China decreta isolamento na cidade de Jilin por coronavírus

William Dolavale

Brasil no pódio: país está em 3º lugar dos que mais bebem cerveja, diz pesquisa

William Dolavale

Desfile de 7 de setembro é cancelado nas principais cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes por causa da pandemia de Covid-19

William Dolavale

Justiça de Minas retoma atividades presenciais na segunda-feira, 14 de setembro

William Dolavale

Cuidados para ter com seu cão durante o verão

William Dolavale

Polícias fazem operações nas estradas durante as festas de fim de ano

William Dolavale