Brasil e Mundo

FACHIN ANTECIPA PRISÃO DOMICILIAR A PRESOS DE CADEIAS SUPERLOTADAS

Por JF Informa

Em razão da pandemia de covid-19, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou hoje (17) que os juízes responsáveis pelas execuções penais em todo o país concedam progressão antecipada do regime semiaberto para domiciliar aos presos que estiverem em cadeias superlotadas.

O ministro atendeu a um pedido de liminar (decisão provisória) feito pela Defensoria Pública da União (DPU) por meio de um habeas corpus coletivo. O regime semiaberto é aquele em que o preso tem permissão para deixar o presídio durante o dia para trabalhar, mas deve voltar à noite e permanecer nos fins de semana.

Deve ser beneficiado todo preso do semiaberto que atender a três condições: estar em presídio com lotação acima da capacidade; pertencer a grupo de risco para covid-19, com comprovação por documentação médica; não ter praticado crime violento ou com grave ameaça.

O juízo competente, porém, ao analisar os casos individuais, pode deixar de conceder a progressão caso não haja nenhum caso de covid-19 registrado no estabelecimento prisional e este adotar medidas adequadas de prevenção e tiver atendimento médico no local, ressalvou Fachin.

A progressão de regime para presos do semiaberto que não cometeram crimes violentos e pertencem a grupo de risco já estava prevista em recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), publicada no início da pandemia. A DPU alegou no Supremo, porém, que muitos magistrados resistem em aplicar a medida.  

A DPU destacou o acentuado risco à vida decorrente da pandemia, diante da situação caótica do sistema prisional superlotado e com precárias condições de higiene.

Ao conceder a liminar, Fachin escreveu se tratar de uma questão não somente do direito à saúde do preso, mas de saúde pública, com alcance para toda a sociedade. “Isso porque a contaminação generalizada da doença no ambiente carcerário implica repercussões extramuros”, disse o ministro.

Related Articles

Novas normas de trabalho relacionadas à saúde entram em vigor

William Dolavale

CIDADE NO SUL APROVA LEI QUE PROÍBE CACHORROS DE LATIR

William Dolavale

Simples Nacional: empresas afetadas por crise podem parcelar dívidas

William Dolavale

Maripá de Minas e região estão de LUTO

William Dolavale

Polícia Federal apreende mercadorias roubadas dos Correios

William Dolavale

Aulas presenciais em JF serão retomadas a partir de 20 de setembro

William Dolavale

Secretário de Desenvolvimento Econômico anuncia que cidades do Campo das Vertentes avançam para onda amarela do ‘Minas Consciente’

William Dolavale

Faturamento da indústria de alimentos cresce 12,8% em 2020

William Dolavale

Sexto dia de protestos nos EUA: como o assassinato de George Floyd abalou todo o país

William Dolavale

Internet em Minas Gerais está entre os 10 estados com mais reclamações no ranking nacional

William Dolavale