Brasil e Mundo

Morre biquense Zé Kodak, um dos ícones do carnaval de Juiz de Fora

Por G1 Zona da Mata

Morreu na madrugada deste sábado (27), José Carlos Passos, conhecido como “Zé Kodak”, o general da Banda Daki, em Juiz de Fora. Ele estava internado na Santa Casa de Misericórdia após testar positivo para a Covid-19.

Em 2004, a Banda Daki foi tombada como Patrimônio Cultural do município e faz parte do calendário oficial do Carnaval de Juiz de Fora.

José Carlos Passos, que tinha 74 anos, será sepultado às 14h deste sábado no Parque da Saudade. Não haverá velório.

Nas redes sociais, a empresa 'Zekodak' lamentou a perda do comerciante — Foto: Instagram/Reprodução

Nas redes sociais, a empresa ‘Zekodak’ lamentou a perda do comerciante — Foto: Instagram/Reprodução

A Prefeitura de Juiz de Fora decretou três dias de luto após a morte de Zé Kodak.

Folião apaixonado

José Carlos Passos, General da Banda, enquanto comemorava 45 anos do bloco — Foto: Roberta Oliveira/G1

José Carlos Passos, General da Banda, enquanto comemorava 45 anos do bloco — Foto: Roberta Oliveira/G1

Natural de Bicas, Zé Kodak integrou o grupo que criou a Banda Daki em 1972. Em 2022, o bloco completa 50 anos de existência.

Em uma entrevista ao G1 em 2017, o comerciante contou sobre a história da Banda Daki, que na época completava 45 anos de desfiles pelas ruas do Centro da cidade.A gente não imaginava isso em 1972 ao fazer um bloco pequeno para abrir o carnaval— Zé Kodak, em 2017

Banda Daki nasceu por iniciativa de uma turma de amigos, inspirada na Banda de Ipanema, e desfilou pela primeira vez em 1972, no Largo do São Roque.

Eles queriam criar uma programação para a manhã de sábado, porque a cidade tinha eventos entre domingo e terça-feira.

“Era uma festa. O bloco saía às 9h da manhã, impreterivelmente. Às vezes, vinha correndo pela Avenida Rio Branco para descer a Rua Halfeld, que naquela época não era calçadão. Toda a festa era algo à vontade, sem aparato como o de uma escola de samba. A gente brincava na Rua Halfeld das 10h até umas 14h e parava no antigo Bar do Bolão na Rua São João”, comentou em 2017, Zé Kodak.

Banda Daki desfilando na Avenida Rio Branco no Carnaval 2018 em Juiz de Fora — Foto: Gil Velloso/Funalfa

Banda Daki desfilando na Avenida Rio Branco no Carnaval 2018 em Juiz de Fora — Foto: Gil Velloso/Funalfa

Luto

Nas redes sociais, diversos políticos e entidades se manifestaram sobre a morte de Zé Kodak. Veja abaixo alguns.

Prefeitura

Prefeitura de Juiz de Fora se manifesta após morte de José Carlos Passos — Foto: Facebook/Reprodução

Prefeitura de Juiz de Fora se manifesta após morte de José Carlos Passos — Foto: Facebook/Reprodução

Funalfa

Funalfa também se manifestou após a morte de Zé Kodak em Juiz de Fora — Foto: Instagram/Reprodução

Funalfa também se manifestou após a morte de Zé Kodak em Juiz de Fora — Foto: Instagram/Reprodução

Associação das Entidades Carnavalescas de Juiz de Fora e Região

“A Associação das Entidades Carnavalescas de Juiz de Fora e Região vem a público manifestar seu mais profundo sentimento pela morte do empresário e carnavalesco José Carlos Passos, o Zé Kodak.

Figura de grande destaque em Juiz de Fora, Zé Kodak foi grande incentivador do carnaval dos Blocos no Calçadão da Rua Halfeld. Criou, patrocinou e apoiou diversos deles.

Como alterarnativa aos desfiles das Escolas de Samba, levou para o calçadão uma semana de desfiles e apresentações que começava com a Doméstica de Luxo, um sábado antes do carnaval oficial e terminava com o Desfile da Banda Daki, passando pelo Bloco Eu e Você,pela Batalha de Confetes, Bloco do Baton, Bloco dos Carteiros, dos Servidores Públicos, Bloco do Pagodão dos Clubes, Pintinho de Ouro, Bloco do Beco, além de criar o Baile da Banda e fechar a semana com o monumental Desfile da Banda Daki.

Todos esses anos de dedicação levaram Zé Kodak a receber a condecoração de General da Banda, nome que incorporou ao currículo do maior incentivador do carnaval de Juiz de Fora de todos os tempos.

A AESBLOC se solidariza com os familiares, amigos e com os amantes do carnaval que hoje sentem a perda de uma grande personalidade de Juiz de Fora”.

Related Articles

MINISTÉRIO PÚBLICO VOLTA A DEFENDER ELEIÇÕES NA DATA PREVISTA

William Dolavale

Desfile de 7 de setembro é cancelado nas principais cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes por causa da pandemia de Covid-19

William Dolavale

UFV e UFSJ esperam orçamento menor em 2021; UFJF aguarda aprovações das leis orçamentárias

William Dolavale

Com quase 180 mil mortos, pandemia está crescendo no Brasil, mas Bolsonaro diz que está no “finalzinho”

William Dolavale

CICLONE PODE CAUSAR TEMPESTADE EM MINAS

William Dolavale

Vítima de acidente na 040 é identificada. Acidente deixou vários feridos

William Dolavale

Incêndio atinge mata próxima ao Parque Estadual do Ibitipoca

William Dolavale

Prefeito de Leopoldina doa salário para instituição de caridade

William Dolavale

PREFEITURA REVOGA PONTOS FACULTATIVOS DO CARNAVAL

William Dolavale

Covid-19: Brasil registra mais de 1 milhão de curados

William Dolavale