Brasil e Mundo

Cidades mineiras já aderiram à força-tarefa para compra direta de vacinas contra a Covid; Uberaba ainda não

#JornalDaManhã #QuemLêConfia

onsórcio formado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) para a compra direta de vacinas contra a Covid-19 já tem a adesão de pelo menos 109 cidades mineiras, entre elas, a capital Belo Horizonte e a vizinha Uberlândia, que vive situação dramática nas últimas semanas. Ainda não há qualquer previsão de adesão de Uberaba, no entanto.

Ao todo, pelo menos 460 cidades já aderiram ao consórcio, sendo 18 capitais. São Paulo, Porto Alegre e Brasília, no entanto, ainda não fazem parte da lista. A ideia da FNP é a criação de uma pessoa jurídica para a viabilização da compra de imunizantes que não estão sendo comercializados com o governo federal. A expectativa é que até o fim do mês já tenham um CNPJ para tratar com os laboratórios. Os prefeitos interessados têm até sexta-feira (5) para se cadastrarem. Os municípios interessados precisam preencher formulário disponível no site da entidade para formalizar o interesse de participar da ação.

Senado aprova MP para compra de vacinas por estados sem licitação

Além de BH e Uberlândia, Araxá, Contagem, Juiz de Fora, Ituiutaba, Ubá, Patos de Minas e Santa Luzia também já aderiram ao consórcio. Após a adesão, os prefeitos deverão enviar projeto de lei à Câmara Municipal para autorizar a transação internacional via consórcio. Os vereadores terão duas semanas para aprovar o projeto. Caso contrário, o município será automaticamente descartado do consórcio. A data limite para que tudo isso esteja sacramentado é 22 de março. 

A Frente Nacional de Prefeitos realizou reunião virtual na segunda-feira (1), mas a prefeita Elisa Araújo (Solidariedade) não participou. “A prefeita está em outro compromisso, por isso ela não irá participar. No entanto, a decisão tomada na reunião da FNP será avaliada”, informou a assessoria de imprensa da Prefeitura de Uberaba na ocasião, acrescentando que a secretária-adjunta de Saúde, Fabiana Prado, representou o Executivo municipal na reunião diante da indisponibilidade da prefeita. A assessoria ainda justificou a ausência pontuando que Uberaba não integra a FNP, o que não é verdade, conforme explicou a jornalista Lídia Prata, na coluna Alternativa

A reportagem do Jornal da Manhã acionou a assessoria de imprensa da Prefeitura de Uberaba para saber se a proposta da FNP já foi avaliada pela prefeita Elisa Araújo e ainda não obteve retorno. O espaço está aberto à manifestação.

Marcos Jammal entrega documento à prefeita pedindo adesão de Uberaba ao consórcio da FNP

Marcos Jammal entrega ainda hoje à prefeita Elisa Araújo ofício solicitando a adesão do município no consórcio público para a compra de vacinas da Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

O vereador quer que ela ouça o clamor popular e preencha a documentação necessária para incluir o município neste processo, que visa adquirir imunizante pelos municípios, por meio deste consórcio. O prazo para isso vence na próxima sexta-feira, dia 5. “Não podemos deixar de aderir a este consórcio. A prefeita precisa incluir o município. Os uberabenses clamam por est adesão”, ressalta o vereador, lembrando que fevereiro, a cidade bateu recorde em número de contaminação e óbitos desde o início da pandemia. “Precisamos de buscar todos os mecanismos que visem imunizar a população”, completa Marcos Jammal.

O ofício conta com a assinatura de treze vereadores e este número deve aumentar. Marcos Jammal pretende entregá-lo até o final da manhã desta quarta-feira (3) à prefeita Municipal. Vários prefeitos já preencheram a documentação, como Odelmo Leão, de Uberlândia, e Luiz Eduardo Falcão, de Patos de Minas. “Falta Uberaba”, finaliza.

Related Articles

APARECIDA LIBERA ENTRADA DE ÔNIBUS DE TURISMO A PARTIR DO DIA 15

William Dolavale

Palco da F1 no México será hospital de campanha para pacientes com covid-19

William Dolavale

Sobrinha de Michael Jackson sofre ataque racista e é esfaqueada: ‘Ninguém merecia isso’

William Dolavale

Joe Biden é eleito presidente dos Estados Unidos

William Dolavale

Latam vai demitir pelo menos 2,7 mil tripulantes

William Dolavale

Habilitações vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade

William Dolavale

Prefeitura de SP adia carnaval 2021 devido ao coronavírus

William Dolavale

Prefeitura de Juiz de Fora prepara infraestrutura para vacinação da Covid-19

William Dolavale

Asscom de Bicas lança a Campanha de Natal 2020

William Dolavale

VARIAÇÃO DE PREÇOS DOS ALIMENTOS CHEGA A MAIS DE 260%

William Dolavale