Brasil e Mundo

Crise hídrica: cidades históricas de Minas adotam rodízio no abastecimento de água

Em Ouro Preto, alguns comércios já fecharam as portas por não ter água

Por Redação, com informações de Marcelo Sena

As cidades históricas de Minas Gerais já estão sofrendo com a falta de água. Em Mariana, um rodízio de abastecimento de água começou a ser realizado nesta sexta-feira (24) por causa da crise hídrica. 

O centro histórico da primeira cidade de Minas está sendo abastecido entre 6h30 e 10h apenas para alimentar os reservatórios de casas e estabelecimentos comerciais. Outros bairros também estão recebendo somente entre 7h e 14h. 

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Mariana disse que pretende furar poços artesianos no município, mas afirmou que o rodízio deve ser mantido até que volte a chover com regularidade. 

Já em Ouro Preto, além do desabastecimento nos bairros, alguns comércios da Praça Tiradentes tiveram que fechar as portas por não ter água na torneira.

Related Articles

31º Reunião da Câmara Municipal de Bicas

William Dolavale

Cerca de 40% da floresta amazônica pode virar savana nas próximas décadas, diz estudo

William Dolavale

UFJF e Prefeitura de Juiz de Fora assinam termo de cooperação internacional para produção de biodiesel

William Dolavale

PRF-MG flagra homem de 59 anos transportando pasta base de cocaína em seu veículo

William Dolavale

Faturamento do setor de turismo no Brasil tem redução de 33,6% em 2020

William Dolavale

24% das empresas não têm funcionárias negras, diz pesquisa; 1 em 4 não têm mulheres em cargos de chefia

William Dolavale

Vacina de Oxford é segura e induz rápida reação imunológica, indicam resultados

William Dolavale

Zema diz que regiões de Minas podem ficar sem energia elétrica a qualquer momento

William Dolavale

PJF e Ministério Público não chegam a acordo sobre volta às aulas presenciais

William Dolavale

CBA realiza simulado de emergência de barragem em Itamarati de Minas

William Dolavale