Últimas Notícias

Lei cancela o guincho em blitz e dá 15 dias para regularizar o carro

Mudança também permite pagar licenciamento vencido na hora, mas multa será cobrada.

Já está em vigor a Lei 14.229/21 que modificou alguns trechos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e outras legislações sobre veículos. Entre as novidades, agora um motorista parado em blitz pode se livrar do guincho e ser liberado para seguir com o carro. Ele não escapa da multa, mas tem até 15 dias para regularizar a situação do automóvel.

Sobre a remoção de veículos com irregularidades, a lei alterou o artigo 271 do Código de Trânsito. Pelo texto atualizado, agora o agente de trânsito deve permitir que o condutor parado pela fiscalização siga viagem se a irregularidade constatada não puder ser corrigida no local e o veículo oferecer condições de segurança para circular.

Para liberar o motorista e livrar o veículo de guincho, a autoridade de trânsito deverá reter o Certificado de Registro Veicular (CRV) mediante recibo e conceder até 15 dias para que a pessoa regularize a situação a fim de poder receber de volta o documento do veículo.

Se o condutor não regularizar a situação no prazo, o Detran deverá registrar uma restrição no Renavam até a regularização, sujeitando o condutor à remoção do veículo ao depósito.

A Lei que muda a regra do guincho foi sancionada no final de outubro, após ter sido aprovada pelos senadores. Além dessa mudança, o texto aumenta, de 10% para 12,5%, a tolerância para o excesso de peso por eixo de ônibus de passageiros e de caminhões de carga sem aplicação de penalidades.

O QUE PODE EVITAR GUINCHO

Problemas no veículo

– Lacre, inscrição do chassi, selo, placa ou qualquer outro elemento de identificação do veículo violado ou falsificado;
– Dispositivo antirradar;
– Sem qualquer uma das placas de identificação;
– Placas apagadas ou sem visibilidade;

Como regularizar

– O motorista deve procurar um posto do Detran da cidade de registro do veículo para conseguir um laudo de vistoria para provar que sanou os problemas em até 15 dias. A taxa é R$ 160.
– Se não fizer os reparos no prazo, o veículo será bloqueado administrativamente e removido ao pátio, em caso de nova blitz.

Problemas na documentação

– Rodar em desacordo com a autorização especial para ter dimensões excedentes ou quando estiver vencida;
– Licenciamento vencido.

* O motorista precisa pagar a taxa e concluir o processo de licenciamento na hora para ter o veículo liberado. As etapas podem ser conferidas no site do Detran.

No bolso

Mesmo com o veículo liberado, as multas pelas irregularidades serão cobradas

Fonte: Carro Esporte Clube e Agora São Paulo e Detran-SP | Foto: Blog do Caminhoneiro e Marcelo Lopes

Related Articles

POLÍCIA MILITAR PRENDE 01 PESSOA POR ESTELIONATO EM BICAS

William Dolavale

Bicas: todas as informações da COVID19 desta terça-feira dia 11 de maio de 2021

William Dolavale

S.J.Nepomuceno: mãe leva recém-nascido para vacinar e descobre que ele já estava morto.

William Dolavale

Bicas: todas as informações da COVID19 desta segunda-feira dia 13 de setembro 2021

William Dolavale

Idoso é atropelado e morre na BR-116, em Laranjal

William Dolavale

Em dez dias, Minas registra mais de 5 mil novos casos de dengue

William Dolavale

Equipe Lobo Solitário em Ação

William Dolavale

Sancionado o Orçamento 2021 com déficit de R$ 16,2 bi

William Dolavale

Pré-candidato a prefeito de Bicas Delegado Federal Helber fala sobre saúde: veja o vídeo.

William Dolavale

Operação da PM resulta em apreensão de drogas em São João Nepomuceno

William Dolavale