segunda-feira, junho 17, 2024

InícioGAMERSCom meta de 50% mulheres e não-binários, Activision contrata executiva de diversidade...

Com meta de 50% mulheres e não-binários, Activision contrata executiva de diversidade – Games

A Activision Blizzard nomeou uma nova diretora de diversidade, equidade e inclusão. Kristen Hines assumirá o cargo em 25 de abril e terá como objetivo ajudar a empresa a alcançar sua meta de 50% de sua força de trabalho formada por mulheres ou pessoas “não-binárias” nos próximos cinco anos.

Hines reportará à diretora de pessoas Julie Hodges e trabalhará em todas as equipes de desenvolvimento da empresa para não apenas atingir a meta de diversificar a equipe, mas assegurar que os jogos da Activision Blizzard daqui para a frente também sejam representativos da nova filosofia de diversidade, inclusão e equidade.

O papel da executiva visa “garantir que perspectivas diversas e inclusivas sejam incluídas no design do jogo, incluindo histórias, desenvolvimento de personagens, jogabilidade e interação da comunidade”.

Hines desempenhou o mesmo cargo na Accenture, onde também aconselhou clientes sobre mudanças em larga escala nos modelos operacionais, design organizacional, estratégia de RH e experiência dos funcionários.

“Estou animada para ingressar em uma empresa que está priorizando seu compromisso com a DEI e progredindo nas metas ambiciosas que estabeleceu para si mesma”, disse ela. “Em um setor com sub-representação histórica, estou ansiosa para liderar os esforços da empresa para construir ainda mais um local de trabalho que valorize a transparência, a equidade e a inclusão”.

“Os jogos têm um potencial incrível para conectar comunidades ao redor do mundo e mostrar heróis de todas as origens. Estou ansiosa para desempenhar um papel na expansão do cenário de talentos que trazem essas experiências atraentes para uma ampla base de jogadores”.

O CEO da Activision Blizzard, Bobby Kotick, acrescentou: “O sucesso de Kristen, liderando uma transformação complexa com resultados mensuráveis, faz dela a pessoa certa para garantir que cumpramos nossos compromissos de diversidade, equidade e inclusão e construamos um local de trabalho modelo alinhado com nossos valores”.

A contratação de Hines parece ser um efeito direto dos processos que a Activision Blizzard tem enfrentado na Califórnia desde o ano passado, por casos envolvendo machismo e assédio. A editora de Call of Duty, World of Warcraft e Candy Crush disse recentemente que está tendo problemas para atrair novos funcionários e reter os existentes, e que suas dificuldades de recrutamento provavelmente serão exacerbadas pelos litígios em andamento.

Em janeiro, a Microsoft chegou a um acordo para comprar a Activision Blizzard por US$ 68,7 bilhões, valor recorde na indústria de jogos. O negócio ainda precisa ser aprovado por órgãos reguladores, e a expectativa é que isso aconteça até o começo de 2023.

O post Com meta de 50% mulheres e não-binários, Activision contrata executiva de diversidade apareceu primeiro em Outer Space.

FONTE: R7

PEDRO SILVA
PEDRO SILVA
SÓCIO GERENTE DO JORNAL ACONTECEU.

MAIS NOTÍCIAS