segunda-feira, junho 17, 2024

InícioESPORTESSão Paulo vende Tchê Tchê ao Botafogo

São Paulo vende Tchê Tchê ao Botafogo

No último dia da janela de transferências, o São Paulo acertou a venda do volante Tchê Tchê ao Botafogo. O clube carioca, que agora conta com um aporte financeiro considerável após se transformar em uma sociedade anônima do futebol, correu contra o tempo e, antes mesmo das 14h, já estava com o sinal verde do Tricolor após a transferência dos documentos necessários.

A passagem de Tchê Tchê pelo Morumbi ficou bastante marcada pelo episódio ocorrido entre o atleta e o então técnico do São Paulo Fernando Diniz. Na derrota para o Red Bull Bragantino, que acarretou na derrocada do Tricolor no Brasileirão de 2020, o comandante se referiu ao volante com termos pejorativos, tais quais “perninha” e “mascaradinho”. Sem clima para permanecer, Tchê Tchê foi emprestado ao Atlético, onde estava até o presente momento.

Pelo Galo, o jogador foi multicampeão, incluindo os títulos da Copa do Brasil, do Brasileirão e da Supercopa do Brasil. Nesta temporada, Tchê Tchê foi utilizado inclusive na Copa Libertadores, entrando no segundo tempo da vitória fora de casa sobre o Tolima e marcando um dos gols. Pela atuação, ele figurou entre os melhores da primeira rodada do torneio pelo índice Footstats. O vínculo com o Atlético se estenderia até maio, mas o clube mineiro foi notificado sobre a transação entre São Paulo e Botafogo.

A rescisão de Tchê Tchê com o Atlético passou a constar no BID logo no começo da tarde. Confira abaixo.

Depois, foi publicada a rescisão com o São Paulo:

O Galo postou a despedida ao atleta antes mesmo do anúncio oficial da saída. Confira abaixo ou clique aqui.

Com a venda, o São Paulo arrecadou cerca de R$ 5 milhões, de acordo com informações do site Goal, por 70% dos direitos econômicos do atleta, ficando com 30% para uma venda futura.

Tudo sobre o Tricolor!

Siga o Arquibancada Tricolor em suas redes sociais e acompanhe tudo sobre o São Paulo FC:

Instagram | YouTube | Twitter | Canal no Telegram | Conheça a nossa Loja



FONTE: TRIBUNA DE MINAS

PEDRO SILVA
PEDRO SILVA
SÓCIO GERENTE DO JORNAL ACONTECEU.

MAIS NOTÍCIAS